领域棋牌

Destaque: Cientistas chineses e uzbeques desvendam mistério de cidade antiga na Ásia Central

2019-10-31 14:32:29丨portuguese.xunhuo8.com

Tashkent, 30 out (Xinhua) -- O Vale Ferghana, a oeste de Pamirs, uma das regiões mais densamente povoadas da Ásia Central, conhecida pela preciosa raça de cavalos Ferghana e um ponto central na antiga Rota da Seda, foi atraindo cientistas e pesquisadores de todo o mundo por décadas.

A China, como país vizinho, está entre os participantes mais ativos. Em 2012, uma expedição arqueológica internacional conjunta de cientistas chineses e uzbeques começou a escavar o antigo assentamento de Mingtepa, um "fóssil vivo" da Rota da Seda que remonta a 2.000 anos atrás, na região de Andijan, no Uzbequistão, no sudeste do vale de Ferghana.

Vistas do lado de fora, as ruínas da cidade de Mingtepa estavam cercadas por muros de cinco metros de altura com portões, e em ambos os lados havia torres retangulares com brechas, que, segundo os cientistas, são típicas das cidades medievais da Ásia Central e as antigas capitais chinesas, Luoyang e Chang'an.

领域棋牌Os cientistas observaram que a cidade antiga estava equipada com várias instalações de defesa de cidade que funcionavam bem, edifícios de grande escala e sistemas de estradas, e havia também oficinas de artesanato bem desenvolvidas, além de um cemitério fora da cidade.

"Essas grandes descobertas arqueológicas permitirão à comunidade arqueológica internacional da Ásia Central renovar seu reconhecimento do local de Mingtepa e redefinir sua posição na história do Vale Ferghana e da antiga Ásia Central", disse Zhu Yanshi, vice-diretor do Instituto de Arqueologia na Academia Chinesa de Ciências Sociais (CASS)。

Até hoje, a equipe conjunta de pesquisa arqueológica descobriu materiais valiosos nas ruínas, além de informações sobre a estrutura e o sistema de fortificação da antiga cidade de Mingtepa, provando ser a cidade mais fortificada do Vale Ferghana na antiguidade, segundo os arqueólogos.

Falando das conquistas arqueológicas, os especialistas uzbeques apreciaram muito as contribuições feitas pelo lado chinês。 Eles destacaram o uso de uma ferramenta arqueológica chinesa única, a "pá Luoyang", bem como métodos avançados de medições precisas, mapeamento por computador e análise de dados。

"A equipe arqueológica descobriu pela primeira vez os restos mortais em solo marrom, o que expandiu o escopo da escavação do local e até levou à descoberta da cidade", disse Bokijon Matbabaev, diretor do Departamento de Pesquisa Arqueológica da Academia de Ciências do Uzbequistão。

A existência da cidade exterior confirmou que Mingtepa era uma cidade grande, com rica cultura, em vez de uma fortaleza temporária, tornando ela o maior local da cidade antiga no vale Ferghana。

Segundo Liu Tao, pesquisador do Instituto de Arqueologia do CASS, o trabalho conjunto bem-sucedido fornecerá novos dados e dará uma grande contribuição ao estudo de Mingtepa e à preservação do patrimônio cultural do Uzbequistão.

"A chegada de especialistas chineses finalmente revelou o mistério desta cidade antiga e conscientizou toda a comunidade uzbeque da importância de sua proteção", disse Doniyor Sobirov, 23 anos, estudante do Departamento de História da Universidade Estadual de Andijan.

Em 2016, foi erguido um monumento na entrada do morro da Mingtepa, símbolo da amizade e cooperação entre os arqueólogos dos dois países.

Alizhan Kurbanov, chefe do Departamento de Patrimônio Histórico e Cultural da região de Andijan, disse que os resultados das expedições e do material extraído acrescentam novo conteúdo à história da grande Rota da Seda.

Segundo fontes históricas, o famoso diplomata chinês da dinastia Han, Zhang Qian, enfrentou um mundo de incertezas para abrir uma rota comercial agora conhecida como Rota da Seda. Graças a ele, sementes de alfafa, nozes e cavalos de corrida foram trazidos para a China, e na Ásia Central e Ocidental eles aprenderam sobre muitos produtos chineses, especialmente seda.

Agora, os cientistas acreditam que os estudos arqueológicos na cidade de Mingtepa provaram que ela desempenhou um papel importante no aumento das trocas econômicas e culturais ao longo da grande Rota da Seda。

O projeto conjunto para estudar a cidade de Mingtepa também é uma parte importante da Iniciativa do Cinturão e Rota, proposta pela China. "Acredito que a implementação da Iniciativa do Cinturão e Rota fará com que a antiga Rota da Seda prospere novamente", acrescentou Kurbanov.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xunhuo8.com

友趣棋牌 奇乐棋牌 领域棋牌 火萤棋牌 大富豪棋牌 名门棋牌 凯旋棋牌 捕鱼棋牌 手游棋牌 金星棋牌